sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Estilo Literário

   


   Considerada uma obra pré-modernista, o estilo de Os sertões é conflituoso, angustiado, torturado. Dá a impressão de sofrimento e luta. O autor faz uso de muitas figuras de linguagem, às vezes omite as conjunções (assindetismo), outras as repete reiteradamente (polissindetismo). Ocorre, com freqüência, a mistura de termos de alta erudição tecno-científica com regionalismos populares e neologismos do próprio autor. Pode ser entendido como uma obra de Sociologia, Geografia, História ou crítica humana.
    Embora vários autores sejam classificados como pré-modernistas. este (Euclides da cunha) não se constituiu num estilo ou escola literária, dado a forte individualidade de suas obras, mas essencialmente era marcado por duas características comuns:

1. conservadorismo - trazia na sua estética os valores parnasianos e naturalistas;
2. renovação - demonstrava íntima relação com a realidade brasileira e as tensões vividas pela sociedade do período.

    O estilo ousado de Euclides, seu estilo dramático, expresso na obra, constitui-se numa denúncia, demonstrando também o lado jornalístico do autor, refletido na obra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário